Conhecer ao Senhor

Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor, nos diz no livro de Oséias. O profeta faz um convite para conhecermos ao Deus que nos criou. O objetivo deste convite não é para um evento ou um momento, mas para a prática contínua da busca do conhecimento do Senhor. Do ponto de vista bíblico, conhecer a Deus é ter um relacionamento íntimo com Ele. Deus não quer ser apenas uma escolha em nossas vidas, mas nossa prioridade.

Não adianta ter o conhecimento sobre todas as coisas e esquecermos do mais importante, o nosso Deus. Existe diferença entre acreditar e conhecer ao Senhor. Quando apenas acreditamos, podemos nos questionar no meio do caminho, até mesmo desistirmos. Porém, á medida que conhecemos, desenvolvemos intimidade e temos a certeza de que Deus não irá nos desamparar. Um exemplo bíblico, o servo Jó. Ele perdeu tudo de mais importante na sua vida, mas por conhecer a Deus, permaneceu firme. O Senhor lhe restituiu em dobro tudo quanto houvera que havia perdido.

O profeta Jeremias também nos deixou um ensinamento valioso em suas escrituras. Não se glorie o sábio em sua sabedoria, nem o forte em sua força, nem o rico em sua riqueza, mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois eu sou o Senhor. (Je 9.23,24). Presbítero Jeimesson afirmou que todos querem realizar algo significativo na vida. Entretanto, não devemos   nos orgulhar da nossa sabedoria, força e riqueza, pois tudo que temos vem de Deus. O único motivo de que podemos nos gloriar é de ter um relacionamento com o Senhor, que fez Os céus, a terra e tudo que neles há.

Conhecer a Deus exige uma disciplina maior que somente acreditar. É necessário, na sua individualidade, joelho no chão, dialogo diário, leitura da palavra, renúncias e o amor pela sua presença. Algumas pessoas vão ao culto com o objetivo de conhecer a Deus, mas vale ressaltar que culto é lugar de adoração, de rendição, isso só acontece, quando já o conhecemos. Se o conhecimento sobre Deus for superficial, do mesmo modo será a adoração, pois está é condicionada ao que Ele pode fazer.

Outro ponto interessante é o fato de que quando conhecemos a Cristo, Ele nos revela a nossa identidade, ou seja, Ele nos mostra aquilo que somos perante seus olhos de compaixão e graça. Para quem acredita em Jesus, ter noção da sua identidade em Cristo é uma das coisas mais essenciais da vida. Isto porque, quando sabemos quem nós somos, tudo muda. Visto que, Deus criou o homem sua imagem e semelhança.

No momento em que conhecemos a Deus, ganhamos autoridade para realizar sonhos. Pois, as nossas experiências são embasadas no nosso relacionamento com o Pai Celestial.

Portanto, Jesus anseia que o conheçamos não somente de ouvir falar, mas de perto, como um pai, um amigo e conselheiro. Dedique mais tempo no seu relacionamento com o Eterno, digno de toda hora e toda glória.


"

© Copyright 2012/2016 - IDEPS | Todos os Direitos Reservados.