O poder do evangelho

O poder do evangelho

 

Do grego evangelion significa boa nova ou boa mensagem. Isto é, o evangelho é a boa notícia da salvação em Jesus Cristo, por meio do seu sacrifício.

 

Desde os tempos bíblicos mais remotos Deus já apontava para a manifestação do seu filho no sentido da regeneração do homem. Como em (Is. 62.11), que afirma: o Senhor fez ouvir até as extremidades da terra as suas palavras à filha de Sião, dizendo: Eis que vem o teu Salvador; vem com Ele a sua recompensa e diante dEle, o seu galardão.

Isso revela que Deus, em sua onisciência eterna, preparou uma alternativa de salvação para nós, que estávamos a caminho da perdição eterna.

Ao longo do período do Velho Testamento o Senhor contou com os seus profetas para anunciar sua palavra até que nasceu o nosso salvador. Passados alguns anos João, o batista, estava oficiando no rio Jordão, quando levantou os olhos e viu que Jesus se aproximava dEle a fim de ser batizado também. Então o profeta exclamou para os que estavam ali, dizendo: Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo! (Jo 1.29).

A manifestação pública de Jesus tornou o evangelho vivo e vivificante com todos os seus atributos.

Mediante isso alguém poderia nos perguntar: qual é o poder do evangelho de Jesus?

Antes é preciso considerar a afirmativa paulina, que assevera: o evangelho é o poder de Deus para a salvação eterna de todo aquele que crê. (Rm 1.16).

Ele estava se referindo a um poder regenerador capaz de transformar a vida de uma pessoa por meio da ação do Espírito Santo, o qual trabalha corroborando com a mensagem de salvação anunciada aos homens.

De acordo com Paulo o conceito de salvação aqui é uma proteção efetiva e perene.

Dessa feita, o poder do evangelho atua de diversas maneiras, para salvar pessoas em qualquer situação, seja de degradação humana ou espiritualmente desnorteada. Não importa quão perdida ela esteja; o evangelho de Jesus a alcança e a regenera, reconciliando-a com Deus.

Portanto, o poder do evangelho é sobremodo forte ao ponto de seu efeito ter ressonância tanto aqui como na eternidade.

"

© Copyright 2012/2016 - IDEPS | Todos os Direitos Reservados.