Deus está no controle de tudo


 

Não servimos a Deus pelo que Ele faz por nós e, sim, pelo o que Ele é: O Grande rei da glória que está assentado nas maiores alturas reinando sobre tudo etodos. Coisa tão magnífica que certamente não podemos compreender. Ele é o alvo da nossa adoração diariamente.

No Salmo 18, o rei Davi O adora de uma forma tremenda exaltando o Seu poder reconhecendo o Seu domínio. Davi invocou o nome do Senhor quando esteve em angústia e a fidelidade divina o alcançou e o livrou. Em sua narrativa, o rei afirma que Deus o ouviu do seu santo templo e, por isso, a terra se abalou e o Grande poderoso se moveu na direção dele, o que provocou fortes reações na natureza, como: densas nuvens, trovões, relâmpagos, chuva de granizo e brasas. E Davi continua: Do alto me estendeu a mão e me livrou; trouxe-me para um lugar espaçoso, porque se agradou de mim. (v 16, 19). 

Afinal quem é como nosso Deus que, a despeito de toda sua grandeza, ouve a oração do seu servo e pessoalmente vem para salvar e amparar seu adorador?

Entretanto para sermos um servo a quem Deus ouve e até abala as forças da natureza para nos abençoar, é necessário desenvolvermos intimidade diária com Ele, falando e ouvindo a Sua voz. Como está registrado em Is 30.21, Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra dizendo: esse é o caminho, andai por ele. E em Sl 32.8 que diz: Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e sob as minhas vistas te darei conselho. 

Certamente que, além de ouvir Sua instrução deveremos obedecê-lo. Colocar em prática cada orientação, como fez Elias indo para o ribeiro de Querite e, depois, para Sarepta ficando lá, sustentado por uma viúva pobre, até que, no tempo certo, Deus o orientou novamente. O profeta entendeu que Deus tinha o controle de tudo, por isso aguardou pacientemente.

Por experiência própria, cada um de nós, seguramente já foi alcançado por Deus. Seja quando em dificuldade financeira, ou por questões de saúde, de relacionamentos, ou livramentos de morte, até mesmo quando em demandas existenciais. Porém cada batalha nos desafia mais do que a anterior e é nesse ponto que muitos chegam a desconfiar da eficiência divina para algo aparentemente tão grande. Todavia em momentos furtivos como esses devemos nos lembrar que a palavra de Deus afirma que aqueles que confiam no Senhor não seabalarão porque sabem que Ele lhes protegerá para sempre. (Sl 125).

Assim sendo, saberemos profundamente que Deus tem todo poder e pode nos dar o que Ele quiser visto que a Sua poderosa mão está sobre nós conservando-nos para a sua glória. 

Helena Lopes

"

© Copyright 2012/2018 - IDEPS | Todos os Direitos Reservados.