Conferência Mais 2018

Equilíbrio

A data festiva de carnaval foi comemorada com muita unção pela juventude Ideps. Todas as congregações estavam juntas para celebrar o nome de Jesus. As ministrações foram pautadas no tema equilíbrio, este ponto o qual deve ser almejado por nós cristãos. A palavra equilíbrio pode estabelecer diferentes significados, como de estabilidade ou ausência de altos e baixos, porém é importante ressaltar o real significado de uma vida equilibrada em mundo conhecido pelo desequilíbrio.

O nosso Deus é a moderação necessária para nossa vida, por isso é fundamental que a sua presença seja o centro de tudo e a razão da nossa existência. Fomos ministrados durante cinco dias por homens cheios da unção e direcionados por Deus para estar naquele lugar com palavras motivadoras para mudar o destino desta geração.  No primeiro dia, o preleitor [HLS1] Pr. Carlos Junior [HLS2] trouxe uma reflexão no livro de Eclesiastes7 o qual relata [HLS3] que é melhor o dia da morte do que o dia do nascimento.

O capítulo em questão estabelece uma relação entre os dias felizes e os dias tristes, [HLS4] Salomão, escritor do livro, afirma que os momentos descontentes devem ser considerados como significativos, pois ajudam a construir um coração sábio. Esse é fundamental para livras-te dos [HLS5] prazeres da carne. Visto que, a busca incansável por satisfazer desejos carnais é o ponto de desequilíbrio no meio da juventude. A sabedoria é um ponto fundamental[HLS6]  para estabelecer mudanças de atitudes na sua vida.

O Pr. Geziel Lima, no segundo dia, também ressaltou a importância da mudança de postura com o objetivo de transmitir o evangelho para as próximas gerações. Precisamos ter em mente que pessoas necessitam ser alcançadas pelo amor de Deus por intermédio das nossas vidas. Quando transferimos a outro aquilo que recebemos com poder, isso será recebido com impacto. A nossa geração precisa ser cheia do amor de Deus, [HLS7] este amor é o que nos traz estabilidades em todas as áreas.

Mas o que de fato é o fator de equilíbrio em nossas vidas? Na ministração do evangelista Jeimesson Filipe nós entendemos que desfrutar e priorizar a presença do Deus vivo é crucial para estabelecer o nosso ponto de equilíbrio, pois esta presença nos dita aquilo o qual deve ser essencial e prioritário para nossa sobrevivência. A presença de Deus é para todos, porém o diferencial será como você irá [HLS8] zelar por ela.

O nosso Pr. Anderson Almeida também ministrou uma palavra edificante cujo tema foi: RE- VISÃO. Fez correlação entre a cura da visão física por Jesus [HLS9] e o seu segundo toque para a transformação de uma visão distorcida.[HLS10]  Algumas passagens bíblicas falam a cerca [HLS11] do milagre de cura de um cego por Jesus, porém Ele não estar[HLS12]  interessado apenas se você consegue enxergar, mas aquilo o qual você tem visto[HLS13] .

O que você está vendo? [HLS14] [HLS15] Esta pergunta que Jesus faz[HLS16]  é um desafio para o nosso crescimento.

Muitas vezes, estamos como uma [HLS17] visão turva (desequilíbrio) em decorrência de alguns acontecimentos em nossas vidas, como o pecado, o sofrimento e o abandono. Esses nos fazem perder o referencial, nos levam a trafegar por caminhos de derrota. Nesta hora é necessário fazer uma RE-VISÃO, isso é possível com o segundo toque de Jesus, pois esse traz a cura do seu interior e faz você [HLS1] olhar para cima, pois de lá vem o socorro indispensável. 

A juventude foi bastante ministrada durante os cinco dias do feriado. Fomos cheios da graça do Pai Celestial. Não poderíamos deixar de compartilhar este momento com aqueles, os quais carecem de conhecer o Deus da moderação, visto que, precisamos ter responsabilidades no Reino de Deus e cumprir o ide que Ele ordenou. Por isso, reunirmo-nos em uma grande ação evangelística, no parque conhecido como Taguaparque, local onde muitas famílias se reuniam para passar a tarde do ferido e se divertir com as crianças. 

Este[HLS2]  momento foi diferenciado, pois t[HLS3] ivemos a oportunidade de falar sobre o amor de Deus por meio da arte de brincar, fazer sorrir e dançar. Observamos que no mundo contemporâneo, é necessário viver a palavra de Romanos doze onde faz referência à renovação das nossas mentes e à recepção de novas ideias. As manifestações artísticas conseguiram alcançar pessoas de forma sutil e rápida. O trabalho foi árduo, muitas vezes doloso, mas receber sorrisos inesperados e olhares desconfiados, os quais se rendem a uma brincadeira, ou até mesmo uma dança, manifesta um sentimento de dever cumprido. Foi notória a alegria do Senhor naquele lugar.

Portanto, reorganize[HLS4] mos nossas prioridades, alinhemos nossos propósitos com o coração do Pai. Amemos mais, cuidemos melhor do próximo e, acima de tudo, busquemos o Reino de Deus e sua justiça, com a convicção de que o cuidado Dele é a maior certeza de uma vida equilibrada. Vamos em frente, sem medo dos desafios e firmes naquele que é a nossa Rocha.

 

Natali Sousa

"

© Copyright 2012/2018 - IDEPS | Todos os Direitos Reservados.